Eduardo Neves e Rogério Caetano | Bate-Papo

23 de Maio de 2016

O dueto formado pelo flautista, saxofonista e compositor Eduardo Neves e pelo violonista e também compositor Rogério Caetano transita com facilidade entre o popular e o erudito no CD “Cosmopolita”, lançado em outubro de 2015, no Rio de Janeiro. Do choro ao jazz, passando pelo frevo, samba e bossa nova, os músicos procuraram, na diversidade de gêneros, construir uma obra moderna, plural e tocada de forma original. O improviso pode ser identificado em canções executadas de forma mais solta, leve e bem humorada e, em outras, de forma erudita, clássica, camerística, mas ao mesmo tempo com o despojo da música popular brasileira e com influência de Heitor Villa-Lobos.

Perguntas

  1. Onde os compositores Heitor Villa-Lobos e Augustín Barrios conversam?
  2. Vocês dois falaram muito sobre a formação popular de vocês. Vocês tiveram uma educação formal, dão aulas de música?
  3. Como foi a história de montar e gravar o disco “Cosmopolita”?
  4. Qual a rotina de estudo de vocês?
  5. Para quem deseja trabalhar em duo, qual é o elemento chave para aprimorar nessa formação?
  6. Seria interessante para vocês se houvesse covers do duo? Seria interessante ter as partituras junto com o CD?
  7. Roberto, quais são as suas referências no violão de 7 cordas? Quais as diferenças entre os violões de 6 e 7 cordas além do número das cordas?
  8. Eduardo, você acompanhou e tocou com outros músicos desde os 16 anos de idade. Quais foram esses músicos?
Voltar ao topo

Programação SescTV

30 de Setembro

  • 03:30Passagem de Som - Michelle Abu
  • 13:00Passagem de Som - Big Chico
  • 13:30Instrumental Sesc Brasil - Big Chico
  • 18:00Instrumental Sesc Brasil - Matheus Barbosa
programação completa