Quintal Brasileiro | Entrevista

15 de Maio de 2007

O Quintal Brasileiro baseia-se na tradição de grupos de cordas com o fim de traduzir uma proposta musical contemporânea essencialmente brasileira. Os cinco músicos formam o núcleo de uma orquestra de cordas: Luiz Amato, professor da UNESP e Spalla da orquestra Jazz Sinfônica é primeiro violino; Fábio Nascimento, segundo violino, é violinista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e Spalla da Camerata Brasiliana; Emerson de Biaggi, professor da UNICAMP e concertista é o violista; Adriana Holtz é concertista e membro da Orquestra Estadual de São Paulo assim como Ney Vasconcelos, contrabaixista.

Perguntas

  1. - O nome já é uma brincadeira pelo fato de que vocês são músicos eruditos fazendo popular? Tem espaço pra brincadeiras e improvisação?
  2. - Vendo vocês passando o som eu estava vendo aquela formalidade meio Osesp, que tem uma formalidade mesmo para o público, como é para vocês esse espaço sem essa formalidade toda?
  3. - Você já foi um spalla, vamos explicar o que é ser um spalla na música? Aqui nessa formação, tem esse papel?
  4. - Adriana, você toca um violoncelo que é um instrumento que nunca está a frente, mas não é um instrumento líder?
  5. - Adriana é um nome recorrente de fichas técnicas em discos populares, como é essa experiência com esse pessoal por aí?
  6. - Tem uma composição do Luiz Amato que se chama Baden, é uma homenagem ao compositor, como é fazer uma homenagem no violino?
  7. - As composições foram todas feitas para o grupo?
Voltar ao topo

Programação SescTV

31 de Julho

  • 21:00Passagem de Som - Leandro Braga
  • 21:30Instrumental Sesc Brasil - Leandro Braga
programação completa