Oswaldinho do Acordeon | Programa Passagem de Som

14 de Setembro de 2015

Nascido carioca, filho de baiano com alagoana, Oswaldinho do Acordeon começou mesmo na zambumba, mas foi aos poucos, tomando emprestada a sanfona do irmão que o músico arriscou as primeiras notas na sanfona.

Filho de Pedro Sertanejo, foi em São Paulo que Oswaldinho ganhou maior impulso pelo instrumento quando o pai, proprietário da primeira casa de forró na capital paulistana, expandiu o negócio e fundou a gravadora Cantagalo, por onde passaram músicos como Jackson do Pandeiro, Dominguinhos e tantos outros.

E para lembrar parte dessa história, seguimos até Guarulhos, na grande São Paulo, para encontrar com o músico Castanheiro, braço direito do pai de Oswaldinho e grande parceiro nas suas primeiras apresentações como sanfoneiro.

A tarde é marcada com outra presença ilustre, com a cantora e compositora Anastácia. Ela relembra da presença dos músicos em vários de seus trabalhos. Anastácia foi esposa de Dominguinhos, com quem compôs o clássico do forró "Eu só quero um xodó".

Foi também na Cantagalo que Oswaldinho gravou o seu primeiro disco, aos oito anos de idade. Hoje, já tem mais de 20 álbuns gravados e tocou ao lado de grandes nomes da MPB como Elba Ramalho, Caetano Veloso, Jackson do Pandeiro, Raul Seixas, Ney Matogrosso, Nara Leão, entre outros.

Na cidade de Jaú, em São Paulo, encontramos com o professor italiano Dante D´Alonzo que depois do pai, foi para Oswaldinho o seu segundo grande mestre. As aulas com Dante começaram em São Paulo, em 1976, quando o acordeonista iniciou os estudos na música clássica e nunca mais parou de se aperfeiçoar.

Ao misturar, ritmar e adaptar temas eruditos para o forró, ganhou o mundo com os primeiros convites para tocar em festivais internacionais de música, que inserem o músico como um dos maiores acordeonistas do mundo na atualidade.

Sobre o palco do teatro Anchieta, no Sesc Consolação, o músico divide a cena ao lado de grandes músicos. É lá que Oswaldinho fala da zabumba como grande fonte de inspiração, ao lado da mistura e das influências com guitarras, contrabaixo e a sanfona com pedal, mistura que um dia foi considerada como uma ousadia à época em que começou a compôr.

Ficha Técnica

OSWALDINHO DO ACORDEON
acordeon

FILIPE MORENO
contrabaixo

VINÍCIUS GOMES
guitarra

RENATO CHICA
percussão

ERICK CHICA
percussão

RICARDO VALVERDE
percussão

KACÁ ALBUQUERQUE
percussão

PABLO MOURA
acordeon

agradecimentos
DANTE D'ALONZO
CASTANHEIRO
ANASTÁCIA

Canal I
Direção Geral
MAX ALVIM

Direção de Externa
IGOR DELION

Entrevista
PATRICIA PALUMBO

Textos
ALEXANDRE HANDFEST

Montagem
CLARISSA PELLEGRINI

Roteiro
DIOGO BRUNNER

Supervisor de Montagem
PAULO ALBERTON

Assistente de Edição
DENISE MARTINS

Coordenação de Produção
BRUNA PACHECO

Coprodução e Pauta
ADRIANA RAMOS

Produção de Set
ROBERTA AMARAL

Cinegrafista
ALDO RIBEIRO

Operador de Áudio
REGINALDO SILVA

Transporte
TRANSFER CLASS

Finalização
PATRI SALGADO

Tratamento de Áudio
TRILHA ORIGINAL

SESCTV

Produção
VALÉRIA M. GIANNOCCARO
HELOISA URURAHY

Programação
FERNANDA FAVA
SIDÊNIA FREIRE
SILVIA GARCIA

Coordenador de Programação
JULIANO DE SOUZA

Direção de Programação
REGINA GAMBINI

Direção Executiva
VALTER VICENTE SALES FILHO

Superintendente de Comunicação Social
IVAN GIANNINI

Superintendente Técnico-Social
JOEL NAIMAYER PADULA

Diretor Regional Sesc São Paulo
DANILO SANTOS DE MIRANDA

Realização
sesctv.sescsp.org.br

Voltar ao topo

Programação SescTV

30 de Abril

  • 03:30Passagem de Som - Trio da Paz
  • 13:00Passagem de Som - Ecletnia
  • 13:30Instrumental Sesc Brasil - Ecletnia
  • 18:00Instrumental Sesc Brasil - Rodrigo Nassif Quarteto
  • 22:30Passagem de Som - Rodrigo Nassif Quarteto
programação completa